podcast

botão

botão

pequena morte
o corpo festivo
não mais lhe pertence
mãos perdidas
sem cautela tateiam
todos os cantos

verte a seiva
aos olhos encorajados
que sorriem 
quando a veem
desabrochado botão

orvalhado ao toque
se contrai
tremeluzem os dedos
ao abandono
dos seus ais

sacharuk



www.inspiraturas.org

o descrente

o descrente A razão, ainda que sobrepujada, é imbatível. A consciência, ainda que ultrajada, é inevitável. No confronto com a solidão um hom...