inspiraturas.org


A poesia delira ao diapasão e, logo, intenta aos acordes da lira. Poesia que tanto descreve saliva de beijo, bem como a imagem do pensador com o queixo poisado nos dedos. Poesia pode andar no eixo para não ouvir queixa, mas pode andar fora e criar desavenças. Há poesia das crenças, poesia do lixo, poesia pretensa, poesia das gentes, poesia dos bichos. Ela é o amálgama do mundo, verte por tudo. É ofício dos nobres, sedução dos espertos, marofa dos pobres e sina dos vagabundos. Também vive escondida na língua dos analfabetos. Poesia é isso tudo e mais outro tanto, no entanto, poesia não é absurdo. Absurdo é querer-se mudo; absurdo é querer-se surdo; absurdo é querer-se cego. (Tudo e mais outro tanto - sacharuk)

OFICINA DE ESCRITA LITERÁRIA INSPIRATURAS - on line - novos desafios - inscreve-te! Integra conceitos, técnicas e inspiração em desafios lúdicos e escreve poesia, crônicas e contos

sacharuk escreve em inspiraturas.org

quadro urbano


quadro urbano

desatou temporal
caíram os butiás
dentro fora fora dentro
nos fundos do terreiro

o sabiá satisfeito
flanou do marmeleiro
e poisou dedicado
cantou leve bem afinado
na viga da construção

na esquina do supermercado
chegou de soslaio
o bandido lacaio
foragido da justiça
executou sem perdão
um vivente sem noção
e fugiu da polícia

sacharuk


esfria o ímpeto

esfria o ímpeto

esfria o ímpeto
Madalena
pendura a ira
no cabide dos versos

escuta algum disco
ou vai fazer sexo
nutre as orquídeas
as gramíneas
e as verbenas

ainda que sejas maria
distinta madame
ou qualquer helena
derrama café no tapete
da tua falsa aristocracia

espera o dia
Madalena
que ninguém mais terá culpa
dos teus próprios problemas
a sina perdoará tuas multas
e a vida valerá a pena

sacharuk


crônica com c

Crônica com C

Calamar Cachaceiro considerou consumir cachaça com certo comedimento, como critério chegar continente chamado Canovaticínio, comparecendo como célebre convidado criatura conhecida como Cardeal Cisplatino, chefe central Comando Comunista Católico (CCC). Contudo, coube Calamar Cachaceiro comparecer Casa Causídicos Comprometidos, chamar caríssimo companheiro Cofroli, com certeza conseguir carta contracondenatória chancelada com carimbo chefe causídico:

-- Cumpanhero Cofroli, careço comparecer Canovaticínio conhecer Cardeal Chico. Careço conceder conselhos. Chico culpado com Cristo! Cardeais com certo comportamento condenável, comendo criancinhas, cheirando cola, comprando cocaína, cocacola, cheirando cu, consumindo coquetel cachaça com combustível... Cardeais com consciência católica condenada. Calamar Cachaceiro conduzirá chefe Chico Cisplatino com certa compreensão como conquistar coração cristão. Caridoso Calamar colaborará com Canovaticínio consolidando capitalização considerável conta corrente Conselho Cardeais Canovaticinenses. Contudo, cumpanhero Cofroli carece comandar confecção carta contracondenatória. Cumpanhero comprometido com consciência comunista certamente comandará corte caneleira circuitada. Causa coceira canela. Como Calamar chegará Canovaticínio, caracara com Chico, como condenado comum calçando caneleira? Cara caramba cara caraô, caralho.


-- Claro, claro, chefia. Cabe companheiro Calamar chefiar, cabe Cofroli cumprir. Comandarei confecção carta, comandarei corte caneleira circuitada. Convocarei conselho com colegas causídicos: Chinelandowski Cunaboca, Chupaurélio, Carmen, Careca Covardão... Certamente Calamar conversará com Cardeal conquistando consciência cristã. Caridade companheiro Calamar colaborará com causa continental. Compete companheiro chamar cobertura cronistas colaboradores com Carta Capital, Correio Caradepaulo...


sacharuk

charge: Nani