A poesia delira ao diapasão e, logo, intenta aos acordes da lira. Poesia que tanto descreve saliva de beijo, bem como a imagem do pensador com o queixo poisado nos dedos. Poesia pode andar no eixo para não ouvir queixa, mas pode andar fora e criar desavenças. Há poesia das crenças, poesia do lixo, poesia pretensa, poesia das gentes, poesia dos bichos. Ela é o amálgama do mundo, verte por tudo. É ofício dos nobres, sedução dos espertos, marofa dos pobres e sina dos vagabundos. Também vive escondida na língua dos analfabetos. Poesia é isso tudo e mais outro tanto, no entanto, poesia não é absurdo. Absurdo é querer-se mudo; absurdo é querer-se surdo; absurdo é querer-se cego. (Tudo e mais outro tanto - sacharuk)

OFICINA DE ESCRITA LITERÁRIA INSPIRATURAS - on line e presencial - novos desafios - inscreve-te! Integra conceitos, técnicas e inspiração em desafios lúdicos e escreve poesia, crônicas e contos

segunda-feira, 27 de julho de 2020

considerações como confederação chamada Carnaval combateu congestionamento causado com caminhoneiros

considerações como confederação chamada Carnaval combateu congestionamento causado com caminhoneiros

chefe Câmera Comércio convocou Central Caminhoneiros colocarem caminhões congestionando cruzamento. Cada caminhoneiro colocou cartaz com chamamento convocando chefia central considerar capital comprometido com compra combustível. Compete Chefia Central considerar como conscientizar cidadão como combustível carece cobrir caos causado com corrupção.

Carece capitalizar companhia cujo capital contribuiu com compra casas, chácaras, condomínios, carros, colares, colocar capital congestionando cofres confrontados com contas correntes com companhias continentais cuja competência confere com continua calado com condições correspondentes com cálculos conduzidos com cliente correntista.

Contudo, cidadãos cuja casa confere com confederação chamada Carnaval, continuam com cara chapada, com cultura carente, com cabeça cheia com cocô. Cidadão continua como camelo, carregando corcova carcomida. Cabe cidadão considerar continuar comparecendo colégio, como critério consolidar cultura centro cabeça.

sacharuk


Nenhum comentário:

Postar um comentário